29.6.10

Si bu ka intende... Matuta un koxi, meu!

Es Kumentariu li : "(...) kem bo é pe estod te falá dcoza kbo en dintendé? Bo é um intebiod que meté ne Bretche de barco ném bôs gente bo te bem visita. Acho k bo vra mês burro do que conde bo bei pe estranger. Calá bo boca bo tcha falá asnera pq bsot de PAIGC/CV é tud uns Ditadores e comunista é cré vra ess país moda se lé bsot casa. Ingnorante de M....." N furta-l na A Semana. Kuza mas inpurtanti nes kumentariu i ki N kre distaka e es verdadi: Skrebe Kriolu sta na alkansi di tudu kabuverdianu ki ta PAPIA kriolu i alfabetizadu na Purtuges.

Kenha ki, inda ka sabe skrebe  kriolu ki el ta papia ku bazi na regras i normas alupekiana pode skrebe, sima autor des kumentariu sitadu, reprizenta "sons do crioulo que fala com alfabeto Português". I nu ta intende konteudu di mensaji perfeitamenti. O e ka si(n)?

PS: N gostaba di sabe signifikadu di kes palavra ki sta a negritu.

27.6.10

Kabuverdianus, Matutem nas palavras di PP...

"(...) o cosmopolitismo e o novo mundo estão representados em Cabo Verde, a tese é de Pedro Pires: os continentes já existiam, os povos já existiam, as nações já existiam, o que há de novo somos nós; que surgimos dessa confluência, surgimos desse encontro e surgimos dessa mistura, desta mestiçagem biológica, mas também cultural que traz novas gentes, traz novas fisionomias e traz algo de novo"
Fonte : TCv 25 de junho de 2010
Foto: Intenet

Silensiu: La Langue et la Parole

Sera ki Kabuverdianus, adultu, ku Skola i sklaresidu sta kontra “skrita ofisial i normativu” di Lingua ki nu ta PAPIA na arkipelagu di Kabuverdi?

Nun prugrama di RNCv, dizenbru di 2009, antis di dibati parlamentar pa ofisializasãu di Lingua Kabuverdianu, ku Ex-Ministru di Kultura, Dotor Carlos Delgado, Linguista, faze arguns konsiderason sobri ofisializasãu di LKv i el fra: “ (…) i mi e dakes ate ki ta difende ki ofisializasãu da lingua kabuverdiana pasa purtantu pa ofisializasãu di uma unika varianti_ _ (...)”

Ora, si nu intende ma Linguista Carlos Delgado staba ta difende nu fundu era um forma ofisial di Lingua Kabuverdianu pa ensinu-aprendizagen ofisial na Skola, dja ki ka e viavel ensinu-aprendizaji di tudu variantis FALADU di kriolu na skola, el ten tudu razãu. Pamodi pensamentu i fala des Linguista ta bai kontra di kes di Ministru (paragrafu siginti):" (...) purke kuandu sinhor ministru ta fala_ na ipotese di eh_ di skrita ser kumesadu pa kada ilha_ kumesa ku se varianti_ purki au fin au kabu un_ un eh_ un_ purtantu un stratejia ki ka ten solusãu sientifiku_ (...)"

Pa risponde Dotor Carlos Delgado Ex-Ministru di Kultura, ki e tanbe Linguista, fra: “(...) nos nu ta atxa ma nu debi dexa ki padronizasãu ba ta da_ ba ta da_ _ to ki ten un_ un varianti di maior konsensu_ i ate la_ purtantu kriolu nu ta fla_ ma kriolu ki e lingua ofisial_ i não varianti a ou varianti b_ _ bon kel o ki e ta kontesta tanben ensinu di kriolu_ ki ensinu di kriolu parti di di kada varianti_ e ta fla ma ke li e ka sientifiku_ _ Nau_ _ u kontrariu ki e ka sientifiku_ (...)”

Ex-Ministru i Linguista sabe mas di ki ningen na Kabuverdi ki ofisializasãu di FALA Nasional e di todo inpusivel, pelu menus a kurtu prazu, au kontrariu di ofisializasãu di SKRITA (i talves di LEITURA) undi ta parseba ma era basta aprovasãu di un Dikretu-Lei di Guvernu.

Meste tornadu klaru na Spritu di Kabuverdianus ki PAPIA Krioulu e ka mesmu kuza ki SKREBE Lingua Kabuverdianu. Mestedu diskonfundi “LANGUE et PAROLE”.


PS: Dibati sobri situasãu sosiolinguistika Kabuverdianu ten di ser Nasionalizadu i kredibilizadu. Lingua e un fator di unidadi Nasional i di dizenvolvimentu.

25.6.10

GRAMATIKA & LOJIKA


Tudu Lingua di Mundu ten un Gramatika.
Kriolu e un Lingua.
Kriolu ten un Gramatika.

Outra Gramatika
"- Quatro ves quatro? (4 X 4)
- Duzasseis (16)...
- Muito ben!
E agora, duzasseis dividido por quatro?
- É quato, pussor!
- Muito ben!"

20.6.10

Como se não bastassem as VUVU_ZELAS RUIDORORAS


"TCV... A TELEVISÃO OFICIAL... TO DO MUNDIAL 2010
TCV... A TLEVISÃO OFICIAL...

TCV... A TELEVISON OSIAL... OI TCV!!!!


TCV... A TELEVISÃO OFICIAL...
TCV... A TELEVISÃU OFICIAL...to 
TCV... A TELEVISÃO OFICIAL... to, bodona!!!"

18.6.10

O Nha Nunka ma....S


José Saramago faleceu cerca das 12.30 em Lanzarote, a mesma hora de Portugal continental, na casa em que residia, na localidade de Tias, naquela ilha espanhola de Lanzarote.
A família de Saramago fez saber que o corpo do escritor estará em câmara ardente a partir das 17 horas, na biblioteca da casa do Nobel português da Literatura, em Tias, na ilha de Lanzarote, que acolhe a fundação criada pelo escritor.
Os restos mortais de José Saramago serão transferidos, amanhã, sábado, para Portugal, onde se realiza o seu funeral, disse fonte do cabildo de Lanzarote (Canárias, Espanha).
"Os restos mortais sairão de Lanzarote amanhã, sábado", disse a fonte do cabildo, a entidade administrativa desta localidade do arquipélago das Canárias.
A mesma fonte referiu que se espera um elevado número de visitas, tanto de individualidades locais e espanholas como de populares e residentes de Tias à capela ardente que hoje, sexta-feira, está instalada na Biblioteca José Saramago.
"Era um filho da terra. Todos o quererão homenagear", afirmou a mesma fonte.
Segundo o comunicado que se pode ver na página da Fundação Saramago, o escritor morreu "em consequência de uma múltipla falha orgânica", após uma prolongada doença. "Morreu estando acompanhado pela sua família, despedindo-se de uma forma serena e tranquila", acrescenta o texto, em letras brancas, sobre fundo negro.
A comundiade de Lanzarote "chora a morte do seu filho adoptivo", desde 1997, e decretou já três dias de luto pelo falecimento do escritor, adiantou José Juan Cruz, que é alcaide de Tías.
Em entrevista à RTP, o editor de José Saramago, Zeferino Coelho, recordou que o Nobel da Literatura "estava doente há algum tempo, às vezes melhor outras vezes pior".
José Saramago nasceu na aldeia ribatejana de Azinhaga, concelho de Golegã, no dia 16 de Novembro de 1922, embora o registo oficial mencione o dia 18. Aos 87 anos, morreu o primeiro Nobel da Literatura português.
Aos três anos, foi com os pais para Lisboa, cidade em que viveu a maior parte da vida adulta. Fez apenas os estudos secundários (liceal e técnico).
Serralheiro mecânico, exerceu, depois, outras profissões, destacando-se as de editor, tradutor e jornalista.
Publicou o primeiro livro, um romance, "Terra do Pecado", em 1947, tendo estado depois sem publicar até 1966.
Em 1972 e 1973 fez parte da redacção do Jornal "Diário de Lisboa", como comentador político.
Pertenceu à primeira Direcção da Associação Portuguesa de Escritores.
Foi galardoado com o prémio Nobel da Literatura em 1998. Deixa uma vasta obra, da poesia, com que se iniciou, à prosa, que lhe valeu o reconhecimento da Academia Sueca. Foi agraciado, ainda, com inúmeras distinções e outros prémios."

13.6.10

LINGUA i LINGUISTIKA: Anonimus = PIDE-mindelo?


«ideia fundamental...a linguística tem por único e verdadeiro objeto a língua encarada em si mesma e por si mesma»
Ferdinand de Saussure, Curso de linguística Geral (8ª. edição). Dom Quixote, Lisboa, p. 380.

Mas: Na ora di gerra ka ta linpadu arma!

2. "Owned Idolatra12 Junho 2010 14:45: Oh owned, idolatras e nhos ki ta venera Romanus ti pontu di sakrifika nhos nivel di felisidadi (suportandu kontratenpus di dikora ortografia i di erus ortografiku, tudu trokadu falta di lojika na nhos ortografia) so pa skrebe palavras sima Romanus ta skrebeba enbora nhos pronunsias di kes palavra ki ben di latin e diferenti grandimenti di pronunsias di Romanus. Istu e, nhos ta konforta ku evoluson di pronunsia, mas non, ku evoluson di ortografia. Rezultadu = falta di lojika na nhos ortografia = nesesidadi di dikora ortografia = aumentu di erus ortografiku pa-sisi. **** Romanus adopta un monti di palavras gregu, mas Romanus ka foi parvu sima nhos – Romanus non so inventa ses alfabetu (diferenti di alfabetu gregu), mas tanbe, es ta skrebeba kes palavra sima es (Romanus) ta pronunsiaba-es i non sima Gregus ta pronunsiaba-es. **** Pa ezenplu, nu toma palavra gregu “kinematika” ki Romanus fika ta skrebe “cinematica” enbora Romanus kontinua ta pronunsia [kinemátika]. Entretantu, patetas di Tugas fika ta skrebe “cinemática” enbora Tugas KA kontinua ta pronunsia [kinemátika], mas sin, [sinemátika]. **** Tudu algen ten direitu di ser idolatra, mas nhos ka ten direitu di obriga-nu ser idolatra sima nhos. **** Pur isu, nos, nu ta faze sima Romanus faze i non sima Romanus skrebe, istu e, nu ta skrebe ku NOS alfabetu i sima, nos, nu ta pronunsia, istu e, “sinematika” (= [sinemátika]). **** Stupidus di kalikaka! Arnegu-nhos!!!

1. "Owned Ekivokadu09 Junho 2010 02:41: Oh Owned, bu sta ekivokadu! **** Ami, N sta ben di vida i N ka meste bajula ningen nen mesmu bu mai. **** Lisin, N sa ta defende lingua ki nha mai nxina-m i un ortografia lojiku ki ta liberta nos desendentis di kontratenpus ki nu pasa na dikora kel ortografia STUPIDU di lingua purtuges pa-sisi. Pa STUPIDES di Tugas ka ben kontamina nos lingua. Un ortografia stupidu ki ta skrebe O ta le U, ta skrebe E ta le I, ta skrebe G asves ta le G (sima na Gato) asves J (sima na Gente), ta skrebe S asves ta le S (sima na Sapo) asves Z (sima na caSa), etc., etc. **** Nu ka sa ta faze-l pa ganha nada, mas sin, pa ben di jerasons futuru. **** Bu sabeba ma, kada eru ortografiku ki un kriansa da na skrebe un lingua, buru e ka kel kriansa, mas sin, kenha ki inventa ortografia non fonolojiku, kenha ki inventa un ortografia STUPIDU!? **** So stupidus sima nhos ta defende ortografia non fonolojiku."

Praia ka ten solusãu, mas el ten Ladu A i Ladu B...

Nobu Sidadi: Nobu Kondominiu Trankadu (Ladu: A)
Nobu Favela: Bela Vista Trinxeradu (Ladu:B)
krika riba di imaji!

9.6.10

Suma manhan e 10 di junhu...

Pa nhos ka fra-m ma Lingua materna di Kauverdianus e Partuges... Nhos ler kumode ki VGM, un intelektual Purtuges, ta skrebe kuze ki sa ta pasa ku se Lingua maternu... "nos Lingua Madrasta!"

"(...)As questões da identidade começam por estar relacionadas com a língua materna e esta deve a Camões a sua dimensão moderna. Mas estão à vista as consequências que, para a identidade, decorrem do actual estado de coisas: a língua materna está cada vez mais deteriorada, tornou-se uma espécie de caixote do lixo onde cabem todos os dejectos e, tal como é utilizada e falada, um dia destes mal conseguirá distinguir-se de um mero conjunto de grunhidos comunicacionais. (...)" Si nho kre ler + krika li!

NOS UNIVERSIDADI EN REKONSTRUSÃU...



3.6.10

Notícia Manku: Dibinha pamode

"Detalhe de Notícia




3-6-2010

Nova direcção da AJIC empossada hoje
Vai ser empossada hoje os novos órgãos directivos da Associação dos Jovens Investigadores Cabo-verdianos, AJIC, saídas das últimas eleições realizadas recentemente.

O acto vai ser presidido pela Ministra da Cultura, no Auditório da Reitoria da Universidade de Cabo Verde."
3-6-2010, 14:07:32
Expresso das Ilhas

1.6.10

O Leitor sabe que...

"Toda a poesia é luminosa, até

a mais obscura.

O leitor é que tem às vezes,

em lugar de sol, nevoeiro dentro de si.

E o nevoeiro nunca deixa ver claro.

Se regressar

outra vez e outra vez

e outra vez

a essas sílabas acesas

ficará cego de tanta claridade.

Abençoado seja se lá chegar."

Escrito por:__________________________________